terça-feira, 8 de março de 2011

…Caminho para a felicidade…



Senti não ter rumo,
Senti a “areia” evadir o meu caminho,
Baixei muitas vezes a cabeça, assumo,
Mas voltas-te a aparecer, quando estava sozinho,
Iluminas-te…
O que parecia já não ter cor,
O que o sol já não aquecia,
As “nuvens” encobriam o meu melhor,
Mas o meu coração descontrolado, vivia,
Levantaste-me…
Com a força que precisava,
Ergui-me como outrora,
O meu coração reiterava,
E “dizia”, esta na hora,
Superei…
Todos os fantasmas descabidos,
Que “vagueavam” no meu pensamento,
Afastaram-se como se fossem desapercebidos,
Pois contigo voltei a ganhar o que tinha perdido, o alento,
Não temi…
Mesmo vendo a “ponta afiada”,
Sabia que não era para me ferir,
Mas sim para cortar a corda afincada,
Que se tinha apoderado do meu coração sem eu pedir,
Soltei-me…
Comecei de novo a sorrir,
Sem que tivesse tempo para pensar,
Não o consigo encobrir,
Pois o que não é pensado, é do coração, não se pode controlar,
Aprendi…
Que mesmo com o caminho “cortado”,
Existe um horizonte,
Pode não estar sempre azul, mas estará do nosso lado,
Lutar por ele, é realizar, é olhar em frente…

14 comentários:

  1. Abris-te a porta há muito fechada...onde existia pó...algumas certezas...e um sentimento de nada...
    Acordas-te o meu bem adormecido, aquele que para muitos é proibido!
    És um pedaço de mim, da minha história...conheces cada canto do meu ser, mesmo em momentos de maior inglória...
    Desde cedo fomos caminhos pararelos que desde logo se tornaram cruzados...
    És o meu caminho da Felicidade, quando olho para a frente...lutar por ele...é viver...é conhecer...é crescer...é amar! =)

    ResponderEliminar
  2. Os teus poemas são demais a serio ;)

    ResponderEliminar
  3. Escreves lindamente e tenho dito!
    E muito obrigada pelo elogio.

    ResponderEliminar
  4. e lá vens tu dizer tolices :b obrigada hugo, fico muito feliz por saber isso :) beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Lindo texto poético ...
    :)
    Tem sabor de esperança , gosto de vida !


    Bjo.

    ResponderEliminar
  6. Que surpresa boa te ver no LorOtas, estava com saudades! muitas, muitas...
    teu texto é encantador
    bjO

    ResponderEliminar
  7. Fantastico Hugo.. la no fundo do horizonte esta a esperança.............. i like =)
    es demais TU e a tua escrita é mais ainda ^^

    kiss

    ResponderEliminar
  8. Eu não consigo deixar de lutar, mas há dias em que a coragem para enfrentar tudo dói, bastante até, como se uma faca nos estivesse a separar o corpo da parede.

    beijinho*

    ResponderEliminar
  9. Isso é bem verdade!

    Lutar é sempre o melhor a se fazer, mesmo quando pensamos que talvez ja não faça mais sentido.

    Beijo grande!

    ResponderEliminar
  10. Olá gostaria que visita se meu blog que é dedicado a cultura. Espero que goste nele tenho uma coluna poética aos sábados ás 09 da manhã espero poder contar com sua visita.

    Sucesso em seu espaço.

    Magno Oliveira
    Twitter: @oliveirasmagno ou twitter/oliveirasmagno
    Telefone: 55 11 61903992
    E-mail oliveira_m_silva@hotmail.com

    ResponderEliminar
  11. bem como sempre está fantástico. nao me lembro de nao teres publicado nada que eu nao achasse.
    adoro adoro

    ResponderEliminar
  12. Está fantastico assim como todos os outros, ADORO TUDO O QUE ESCREVES!!
    Beijinho, Lua*

    ResponderEliminar

Gostas-te? Não deixes de comentar e seguir :) Obrigado!