terça-feira, 24 de agosto de 2010

…A distância não apaga o que se criou no coração…


Como prometido,
O que pedis-te para fazer,
O alegre poema sentido,
Senta-te para o poderes ler.

Apesar da longo afastamento,
Apesar do longo tempo passado,
Sabes bem que nunca me saíste do pensamento,
E que o meu sentimento por ti nunca tinha acabado.

Não me digas…duvidas-te em algum momento?
Sei que tu sabias e sentias,
Estives-te sempre “aqui”, cá “dentro”,
A tua imagem era permanente, todos os dias.

Na tua “ausência” relembrei,
Cada momento,
Lembras-te daquele sonho que concretizei?
Tu foste a autora, realizadora, e eu o personagem atento.

Como sabes não sei mentir,
Nem mesmo para rimar,
Se escrevo é porque estou a sentir,
E por ti é fácil encontrar as palavras para desvendar.

Depois do comentário anónimo,
Algo em mim se alterou,
Calores frios eram o sinónimo,
Que por ti o meu coração nunca se “calou”.

Voltas-te de novo a provocar,
O sorriso que teimava em não sair,
Parece que voltei a respirar,
O ar que me vai fazer levantar, subir.

Deixo aqui tudo que me vai na alma,
Do coração tu já sabes bem,
Afinal tu tens o engenho e eu a calma,
Ele começa de novo a bater a mais de cem.

Não sei se é alegre, mas é o que sinto,
Espero um sorriso te proporcionar,
Para mim é o necessário, não minto,
És muito importante para mim, ao deitar e ao acordar.

Não quero deixar de te dizer,
Que te adoro, é sincero,
Estas farta de ouvir e de ler,
Mas és tudo que eu quero.

...Sou um ser muito imperfeito com perfeições inacabadas...mas sempre "EU", espero que gostes.

20 comentários:

  1. oh n ta alegre :( ta mlhr m n deixou u meu pobre coraxao xoxegado

    ResponderEliminar
  2. se é uma fase espero que passe bem depressa !

    ResponderEliminar
  3. adorei... escreves com grande sentimento e isso é de louvar :)

    ResponderEliminar
  4. Obrigada é bom saber que os seguidores gostam. :D E pelos vistos interpretei demasiadamente bem o texto, ahah :b

    ResponderEliminar
  5. também gostei muito deste poema :)

    ResponderEliminar
  6. obigadaaa inda bem q gostast:D

    bigadaaa msm


    cada vez goto mais dos teus textos:P

    ResponderEliminar
  7. "Lembras-te daquele sonho que concretizei?
    Tu foste a autora, realizadora, e eu o personagem atento" - gostei desta passagem*

    ResponderEliminar
  8. acho fantástico a forma como escreves e como exprimes o que sentes

    ResponderEliminar

Gostas-te? Não deixes de comentar e seguir :) Obrigado!