quinta-feira, 19 de agosto de 2010

…Pólvora Seca…



Ainda sinto o cheiro,
Da “pólvora” deixada,
Foi um “tiro” certeiro,
A sua ponta estava bem afiada.

A “bala” ficou cravada,
Mas não se vê a ferida,
Mas sinto em mim instalada,
Foi uma “bala” perdida.

Foi um “tiro” no escuro,
Mas eu era o alvo escolhido,
No escuro permaneço e procuro,
Mas essa “bala” só tinha um sentido.

Ainda sinto o seu som,
Quando me “trespassou”,
Tiveste boa pontaria ou é um dom?
Não sei, mas em cheio acertou.

A “bala” irá se desfazer,
Aos poucos é certo,
Tiveste um grande poder,
Mas não há nada eterno, perfeito.

Não conheço o antídoto possível,
Para fechar a “ferida”, sarar,
Soubeste onde acertar e a que nível,
Mas haverá algo que me vai curar.

“Alvejas-te” e fugiste,
Fiquei inconsciente,
Nem o que tinha para falar ouviste,
Apenas pegas-te na “arma” e saíste sorrateiramente.

Leva a “arma” por favor,
Larga-me aqui assim,
Podes não deixar nenhum vestígio ao meu redor,
Mas tenho todas as “provas” em mim.

Não tive “munições”,
Para poder repostar, responder,
Deixas-te me sem defesa, escudo e acções,
Mas serviu para aprender.

Ficará na memoria a “bala” e a sua trajectória,
Foi de alguém profissional,
Mas não cantes vitoria,
Isto foi apenas uma batalha e não a guerra, Afinal.

38 comentários:

  1. Omg, tu gostaste do meu Post e eu amei absolutamente este. Está lindo mesmo.

    ResponderEliminar
  2. ADOREI ! :)
    Nem sei o que dizer ! : O

    ResponderEliminar
  3. estes teus poemas encantam * que lindo :)

    ResponderEliminar
  4. gostei deste poema também :)
    obrigada *

    ResponderEliminar
  5. é um bocado... desconfortante, diga-se de passagem

    ResponderEliminar
  6. passa mas volta, o que torna as coisas muito piores

    ResponderEliminar
  7. Podemos não conhecer a tragetória da bala, mas ela sempre tem um destino certo

    ResponderEliminar
  8. sinceramente acho que nao tenho força nenhuma... essa perdi-a com o tempo, escasseou-se e escasseia cada vez mais á medida que o tempo passa... enfim

    Obrigada :)

    ResponderEliminar
  9. Adorei ! *-*
    e é por isso que eu também vou seguir ! :)

    ResponderEliminar
  10. Obrigada pela visita.

    Eu te peço um favor,pra vc votar no meu blog no concurso q estou participando, é só clikr no logo q está na postagem ou na lateral.

    Obrigada
    @vanimonique
    :*

    ResponderEliminar
  11. A mim nunca m aconteceu..e espero q n venha acontecer..poki tao lixados!
    Bem, isto nunca sera de todo mudar isso!porque alias n pudemos mudar os invejosos! mas pronto!

    bem em relaxao a ixo,.eu tou a tentar descobrir e digo te como s faz, por tbm queria fazer

    ResponderEliminar
  12. "Ainda sinto o seu som..."
    que leveza de texto...está perfeito!

    beiijo,
    *.*

    ResponderEliminar
  13. Tens um talento que não sei definir,
    de juntar palavras
    e as fazer colidir,

    num abraço longínquo
    e desejado,
    quase como um mar,
    sempre imaculado.


    estou-te a seguir também :)*

    ResponderEliminar

Gostas-te? Não deixes de comentar e seguir :) Obrigado!