terça-feira, 3 de agosto de 2010

…Frontalidade…Nem todos têm…


Sinto revolta dentro de mim,
Estar “calado” e querer “falar”,
Não me devia sentir assim,
Nem importância deveria dar.

Uso de palavras sentidas?
Já não sei a verdade,
Mas nas acções contidas,
Momentos importantes tornaram-se banalidade.

Esconde-se a frente de um monitor,
Esconde-se atrás de mensagens,
Afasta? Sente? Ou finge dor?
Mas no fundo não passaram de passagens.

Na cara é diferente,
Não há forma de fugir à realidade,
Entre olhares não pode esconder o que sente,
Nem todos têm essa frontalidade.

Custa ler e não comentar,
Custa “comer” calado,
Esta é a forma que tenho de soltar,
Mesmo me sentindo atado.

Tranquila mantêm-se a minha consciência,
Nada fiz para tais reacções,
Sempre agi com decência,
Não preciso de pedir perdões.

19 comentários:

  1. Não tenhas medo de mostrar quem és e como és (:

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigada (:
    Tmbm vou seguir *
    Gostei muito !

    ResponderEliminar
  3. Nada melhor do que dizer as coisas na cara . Aí sim vê-se o que está do outro lado :)

    ResponderEliminar
  4. Desculpa , percebi ao contrário :s
    Beijinho *

    ResponderEliminar
  5. Muito obrigada, eu cá adorei o teu blogue :D estou a seguir *

    ResponderEliminar
  6. concordo com a Rita. Não cries mascaras e nao te escondas atras delas. Ninguem deve ter medo de mostrar como realmente é :)

    ResponderEliminar
  7. então desculpa a minha incompreensão. e não há melhor revolução que expressarmo-nos na escrita :)

    ResponderEliminar
  8. anotei a frase! muito obrigada pela ajuda *

    ResponderEliminar
  9. Pois mas enquanto vivia na minha nuvem negra e valorizava o que me fazia mal, descuidei o que realmente importava e perdi-me... Sinto imensa revolta mesmo!

    ResponderEliminar
  10. Nunca deviamos calar o que queremos dizer, sentir...mas complicamos tudo não é!? *

    ResponderEliminar
  11. Estar calado e não poder falar é uma das piores coisas que existem por isso sempre o melhor a se fazer é dizer tudo que o sentimos, o que achamos!

    Belo texto!



    bjos

    ResponderEliminar
  12. Obrigado pelo comentário!
    O que dizes é bem verdade e a realidade.

    ResponderEliminar
  13. gostei do poema, está muito bom

    ResponderEliminar

Gostas-te? Não deixes de comentar e seguir :) Obrigado!