segunda-feira, 30 de agosto de 2010

...O meu Obrigado...



Obrigado por o que me fizeste sentir,
Foste das poucas pessoas que me alegrou,
Nunca vou esquecer os momentos de rir,
Nem do primeiro dia que te vi, o coração não hesitou.

“Levo-te” comigo no coração,
“Levo-te” com os sentimentos melhores que podes imaginar,
Mas não posso continuar sonhar, isso não,
Não quero isso para mim, por isso vou parar.

És e foste uma rapariga espectacular,
Apensar dos nossos atritos, aconteceu,
Terás sempre um amigo para ajudar,
E de alguém que nem por um minuto te esqueceu.

Mas como te disse as “armas” vou baixar,
Vou sair de cena,
Mas sentindo ainda o que já te disse, podes acreditar,
Mas infelizmente não consigo continuar, com muita pena.

Espero que guardes o que te fiz com carinho,
Todos foram do fundo do coração,
Mas tenho que seguir o meu caminho,
Por muito que queria “ficar”, não posso na ilusão.

Nunca te vou esquecer,
Foste marcante, não posso negar,
O meu sentimento aos poucos ira desaparecer,
Mas a amizade permanecerá, podes acreditar.

Sabes onde me encontrar,
Não hesites se precisares de mim,
Estarei sempre pronto para ajudar,
Beijo, desculpa despedir-me assim.

10 comentários:

  1. Muito obrigada :) por vezes, seguir em frente, é o melhor que fazemos*

    ResponderEliminar
  2. Que coisa mais linda !!!
    Sempre tocante , mesmo na despedida ...

    ResponderEliminar
  3. Texto perfeito!

    Quando somos tocados pelo amor, ele marca mesmo. E a marca permanece... com mais ou menos intensidade, mas permanece!

    Beijo!

    ResponderEliminar
  4. já experimentaste outro tipo de escrita? ♥

    ResponderEliminar

Gostas-te? Não deixes de comentar e seguir :) Obrigado!