segunda-feira, 23 de agosto de 2010

"Resposta ao que ainda não compreendo"



O que já fizeram por amor?
Já esperam por tempo indeterminado?
Mesmo que isso trouxe-se dor?
Eu já, mas no fundo não fui elogiado.

Já mostram todos os dias?
O que sentiam por alguém?
Onde não existiam palavras frias,
Pois eu só queria o seu bem.

Apensar da espera, nunca pensar em desistir?
Mesmo que por vezes fosse mau para mim,
Pensar em duas pessoas (nós) para existir,
Para no fim ser ignorado, deixado assim.

Quem não quer estar com quem se gosta?
Quem não faz tudo para que isso se concretize?
Quem não o faz, não gosta, goza,
E fá-lo sempre, não considero um deslize.

Esperei por uma simples conversa,
Para tentar esclarecer,
Mas um único “não” ouvi com pressa,
E educado e respeitador que sou, tive que ceder.

Depois disso recebi uma mensagem,
A dizer que acabará tudo,
Iria me “apagar” da vida, como se fosse uma passagem,
Mesmo assim ainda lutei, não fiquei mudo.

Nada fiz para merecer,
“Ela” no fundo sabe disso,
Não sei se lhe custa dar o braço a torcer,
Mas ela apenas escolheu se afastar, não pensar nisso.

Agora “esconde-se” em palavras “escritas”,
Onde eu não lhe posso responder,
Usarei aqui a resposta a palavras “ditas”,
Sempre a verdade, serei sempre eu até morrer.

Queria as vossas sinceras opiniões,
Aqui está a verdade, da minha parte,
Se “quiseres” acrescentar, estarei aqui para todas as situações,
Sou frontal, sincero, verdadeiro, e por vezes forte.


Não deixem de comentar, quero saber as vossas opiniões...Obrigado

74 comentários:

  1. Cada história é um caso, uma situação diferente. Cada um de nós tem a sua maneira de lidar com situações do amor, temos que respeitar a decisão do outro, e quando finalmente o percebemos, torna-se tudo mais simples. *

    ResponderEliminar
  2. gostei bastante deste texto , gosto da tua forma de escrever :)

    ResponderEliminar
  3. e por vezes talentoso. Está impecável este poema. Sou sincera, eu e a poesia não funcionamos juntas, mas ao ler os teus textos é como se tivesse apreender a gostar de algo que criava muro e que aos poucos esta a ser destruído.

    ResponderEliminar
  4. bem eu não sei qual é a vossa historia mas é de lovar que depois de tantas recusas tenhas continuado a lutar mostras-te que aquilo que sentis-te é verdadeiro e que não é um simples não que o apaga. talvez ela tenha medo ou algo do género, é uma situação complicada porque porque quem ve de fora admira a tua luta e repreende o acção dela.

    ResponderEliminar
  5. está muito bem escrito o poema :)
    gostei *

    ResponderEliminar
  6. gosto!
    (peço desculpa se por vezes não respondo aos comentários, mas é por falta de tempo!)

    ResponderEliminar
  7. bem... "agua mole em pedra dura tanto bate ate que fura"
    é de salientar a persistencia e coragem que tens em nao desistir, e é assim que se demonstra o verdadeiro amor... agora tambem tens que pensar em ti e perceberes se isso é bom ou nao para a tua "vivencia"
    o amor nao tem necessariamente que causar dor permanente nem dependencia, se ela nao te quiser so tens que seguir em frente e procurar quem queira e quem te ame realmente como mereces :)

    (é a minha sincera opiniao)

    bjnhos,
    Soraia

    ResponderEliminar
  8. A resposta ao comentário anónimo está de veras merecida. Identifiquei-me com o poema. (:

    ResponderEliminar
  9. Muitas perguntas, respostas infinitas, algumas ,somente o coração tem a resposta.

    ResponderEliminar
  10. ja te mandei o codigo pelo mail:D

    Bem em relaxao ao texto ta lindissimo:D

    sentimento profundo


    gostei*:D

    ResponderEliminar
  11. Com o tempo apercebemo-nos de que por vezes lutar, é pior.
    Lutar por um amor, ultimamente, para mim, é deitar-me abaixo, sofrer por quem não merece.
    Prefiro com que o tempo ajude e me traga oportunidades, do que recorrer aos métodos pessoais.
    Mas cada um, tem a sua história.

    ResponderEliminar
  12. gosto sempre do que escreves, tem sempre algo para nos ensinar

    ResponderEliminar
  13. Há muitas perguntas sem resposta nesta vida*

    ResponderEliminar
  14. Amar é assim,
    dar sem nunca ver um fim
    e nem sempre receber,
    e isso nunca vamos compreender.

    Amar é assim estar inconstante,
    quando as saudades aparecem
    não há nada brilhante,
    e há discussões que surgem e amolecem.

    Há quem as supere,
    outros que preferem parar,
    mas no acto que é amar,
    há quem prefere
    parar,
    odiar,
    comentar,
    fingir,
    acabar,
    apagar,
    nós, sonhadores,
    até nos podem chamar amadores,
    mas somos assim, a palavra amar.

    ResponderEliminar
  15. Gostei muito como sempre :)

    o comentario da isa meireles diz tudo*

    ResponderEliminar
  16. amar alguém é assim. acontece isto e tudo mais *

    lindo :)

    ResponderEliminar
  17. Devemos lutar sempre, às vezes a luta é em vão mas aprendemos muitas coisas pelo caminho. E sim, pode ser um cliché mas mais vale arriscar e levar um não do que ficar quito e estar na dúvida sobre o que poderia ter acontecido.

    ResponderEliminar
  18. ai tens?eu ja tinha est texto no meu blog..tava nos pimeiros q fiz, so q como era nova n tinha muitos seguidores e ninguem viu, e como identifico com est texto decidi colocar outra vez...e tens aki?

    ResponderEliminar
  19. gostei:d


    bela frase msm


    e ixo msm:D embora ah pexoas k vem paki criticar axando q rebaixam uma pexoa..loool


    gostei:d

    mas oia k devias ter posto aki:D

    ResponderEliminar
  20. Mas custa muito e por vezes não exite forças suficientes para ultrapassarmos as barreiras que a vida nos poem :x

    ResponderEliminar
  21. Está óptimo.
    ***
    E olha a minha ultima publicação é completamente fictícia.
    Acho que ainda não amei realmente ninguém.... Por muito que já tenha gostado de algumas pessoas.
    Acho que sempre me amei mais a mim que aos outros... (não quero parecer egoísta).
    E é claro que não bebia para esquecer algo, eu reflito nos problemas, gosto de ser mais forte que qualquer outro obstáculo, por isso em vez de contornar os problemas tento "passar-lhes por cima". (Mas obrigada :D)

    ResponderEliminar
  22. sabes bem kem sou...n preciso e k os outros saibam...
    talvez devexex aprender k nem smp o k axas mais correcto e o mlhr p os outrs...
    pudia ter sido lindo, foi apenas momentos por nao saberes respeitar um pedido...
    por amor? por teimosia? n sei...

    apenas cria k xoubexex k tnh saudades dos tempos k m faxias rir, e pexo dxklpa das lagrimas k tivemus k xurar

    continua a escrever k sabes k eu adoro ler

    ResponderEliminar
  23. eu e o meu namorado estamos a 444milhas à 23 meses! eu espero e irei esperar o tempo que for preciso, porque sei e sinto que vale a pena e que é ele, e é com ele que quero ficar! :)

    ResponderEliminar
  24. Só não percebo o pk do afastamento, pode parecer estupido mas é este o unico meio de comunicar com uma pessoa que comonicava todos os dias...saudades tb eu as tenho e tenho mostrado isso em todos os poemas que tenho feito...nao sei o que fazer...mas escrever irei continuar....

    ResponderEliminar
  25. pedi tempo e espaço, quebraste naquela noite...
    apenas kero k saibas k os leio todos como faxia antes...
    n e facil eskexerte :(

    ResponderEliminar
  26. Mas achas que é a solução? esquecer? como tens visto e todos podem comprovar...eu nao esqueci...tudo que disse e digo...é verdadeiro...sabes bem que não minto em nenhuma circunstacia... mas afinal nem amigos podemos ser, afinal nem nada podemos ser... Magoa escrever isto, doi a cada palavra... como eu gostava de escrever e não sentir...

    ResponderEliminar
  27. n conxigo...p ja...
    es um homem maravilhoso p tares axim...m p ja apenas t poxo «dar esta distancia» e recordaxoes d tempos felizes
    tlvex m tnha apaixunado apenas pelo amigo k m faxia rir, e n pelo homem k t tornaste kdo por mim t apaixunaste...
    n keru ser o centro da vida d ng, kria era puder viver o maximo da vida ao lado d alguem k m faxia sentir feliz

    ResponderEliminar
  28. peço-te uma coisa que ja uma vez pedi, escreve um poema alegre e que me faça sorrir...

    ResponderEliminar
  29. Então não me conheces-te verdadeiramente...muito bem, agora sei, agora compreendo, fui smp mal interpretado, Eu nao mudei de ser quem sou, mas a distancia que impunhas nenhum sentimento se conseguia "calar", tu um dia vais lembrar do que te escrevo agora, apesar de sentir o que sinto, sei ver as coisas,(como te disse sou muito observador), o"homem que me tornei"? quem gosta faria o que fiz e muito mais, se não o fizerem, podes ter a certeza que nao amam, nao gostam...não é por ser comigo, mas apenas fica o conselho de algum que NUNCA quiz o teu mal, e continua a não querer...(digo isto já a frio, já muito refletido, mas nunca esquecido)

    E sabes não me custa dizer que apensar de tudo, sinto muitas saudades e não mentiria se dissesse que ainda penso...mas não me vale de nada já sei, Deixas-te claro, numa situação que eu não vejo claridade...

    ResponderEliminar
  30. Como também já sabes só escrevo o que sinto...nesta altura é me impossivel escrever isso..."Feliz"...já nao sei o que é isso à algum tempo...desculpa...

    ResponderEliminar
  31. Curiosidade ou não faz hj 1 mês que te vi pela ultima vez...

    ResponderEliminar
  32. mal interpretado em ke? trocaste as gargalhadas por palavras bonitas, p alguem k tinha sofrido tnt n era palavras bunitas k kria ouvir, ixo mtx dixiam n cumu tu claro...kria u homem despreocupado e divertido, n o apaixunado k m axustava...
    tou a ver k foi um erro ter escrito...n voltarei a escrever m axim sabes k a pexoa k mais admirou o teu trabalho n deixou nc d ler...
    e nc deixou d xurar kdo s sentiu aki mesmu «atacada»

    ResponderEliminar
  33. nunca usei palavras bonitas, apenas usei o que sentia, eu sou despreocupado, mas preocupado com quem gosto e amo,assustava? então nunca tives-te quem gostou realmente de ti,nao foi um erro e sabes bem disso, sabes que me fez bem ler, nunca escondi isso, nunca "ataquei", sabes bem que não, tens no teu pc a prova disso que nunca te ataquei, sim porque nunca viste aqui nenhum poema "dos teus", até um dia se calhar...pois sei que nunca mais voltarás... se por ventura o destino ou coincidencia nos voltarmos a encontrar, podes ter a certeza que não farei o que fiz à 1 mês atras, evitarei, não me leves a mal, mas também tenho sentimentos, (não estou a ser justo? a vida tb nao me tem sido para mim), nao sou eu que tomei a liberdade de "desaparecer", sair (mesmo dizendo sentir saudades),Sou e sempre serei eu...o que conheces-te o divertido, o sincero, mas que luta....

    Desculpa num dos poemas ter dito que eram as ultimas lagrimas...quebrei essa promessa...não as consegui segurar nenste momento...

    até breve ou nunca mais...Guarda o de bom e de mau que te ensinei...eu farei o mesmo...

    ResponderEliminar
  34. Gostaria de saber falar do amor, mas acho que o amor é demasiado estranho e complexo pra poder falar nele, acho que o amor é vivido de maneiras diferentes e sentido também. Acho que o amor consegue ser a melhor e ao mesmo tempo a pior coisa do mundo, o amor dá-nos o mundo e no momento seguinte volta a tira-lo. Acho que ainda nem eu sei que gosto ou nao do amor.

    ResponderEliminar
  35. sabes k n...sabias a dor k m tinham causado n era akilo k kria tao rapidamente...
    nao te preocupes n t voltarei fazer xurar, dpx du dia dhj desaparecerei...
    foi um mumento d frakez n voltara a acontcer

    adeus

    ResponderEliminar
  36. estarei sempre "aqui", Tu conheces o melhor de mim...sabes que apesar de tudo podes contar cmg para tudo, e já te provei que para tudo mesmo... fraquezas eu já tive muitas...mas não tenho meios...para demostar...tu retiras-te tudo que me possibilitava isso, doi, ainda doi essa atitude em mim...nao imaginas o que é ir ao meu msn e na lista ver "foi bloqueado por esta pessoa", sim nunca sentis-te isso pois nao? eu senti...e se fosse outra pessoa qualquer...não sentiria nada de certeza...por isso doi... ir ao facebook escrever o teu nome e ver tantas caras e não ver quem eu quero...nao sabes o que é sentir isso pois não? Nem me dás oportunidade de ter esses momentos de fraqueza...a minha fraqueza é vivida sozinho, no silêncio de algumas quadras escritas, demostrando o que o meu coração sente...

    sei que continuas a sentir razão em tudo...mas nunca fiz para mercer isto...

    PS: custa-me saber que tens milhentos "amigos" no msn e face e não os bloqueias...mas a mim nem hesitas-te...grande consideração que tives-te por mim...

    ResponderEliminar
  37. todos nos escondemos em palavras escritas... acredite

    bjo ;)

    ResponderEliminar
  38. n o fiz p t magoar, num momento d irritaxao....
    a atibuixao da razao ou culpa em mim nda diminui, m n gxtei da atitude dakela noite k aliada a outras m fex levar ao extremo...

    se axas k n tnh consideraxao por ti tlvex teja e a perder o meu tmpo aki...

    ResponderEliminar
  39. nada do que te fiz daria motivos para ires a esse extremo...axas que perdes tempo? não gosto de roubar o tempo a ninguem... muito menos de incomodar...como te provei naquela noite sou educado...sei ouvir um "não" e sair calado...apensa de ter sido o "não" que mais me custou ouvir, que me lembre...

    Vou ser lembrado como um extremo...obg...

    ResponderEliminar
  40. nao...

    seras lembrado pelo homem meigo k m fex xorrir
    k m beijou e me fez existir
    que me deu a mao
    e que me encheu o coraxao
    que me olhou nos olhos e sentiu
    que me fez desejar
    que me fez voltar a acreditar
    que aos meus olhos errou
    que o meu coraxao nao perdoou
    magoado de outros momentos
    que preferiu esconder sentimentos
    que chorou sem ninguem ver
    que hoje veio apenas dizer
    ADOROTE

    ResponderEliminar
  41. Não vou negar que gostei de ler...mas doi, pois a cada palavra me fez lembrar de ti...cada olhar...cada toque...cada momento...

    O que custa é saber que nunca mais te vou ter...

    Alguém por quem choro,
    alguém por quem penso,
    Alguém que se ouvir o seu nome coro,
    alguém que da sua companhia tem falta, não dispenso.

    Lembras-te da msg que disse que escrevi no tlm e que um dia te iria ler? ainda a tenho...ainda hj é tudo verdade o que está lá escrito...

    ResponderEliminar
  42. troko aki um poema alegre por um cafe. aceitas?

    ResponderEliminar
  43. lolol e eu tb n...
    axeitas ou n?
    keru ir durmir oh peste lolol

    ResponderEliminar
  44. "peste" que saudades :) mas é mesmo serio?

    ResponderEliminar
  45. juro...
    amanha kero ler um poema alegre, se ler marcamos algo :)

    ResponderEliminar
  46. sabes que irei escrever não sei pk que perguntas... (lembras-te daquele que escrevi qd pedis-te um alegre? e eu disse vai ser sobre ti?) será...para todos verem para todos cometarem...espero que saia alguma coisa de jeito... vai ser sentido como todos...Adoro-te

    ResponderEliminar
  47. lolol ve la o k escreves d mim...
    adorote meu lindo

    ResponderEliminar
  48. Algum que tenha escrito para ti tiveste algo a dizer?

    ResponderEliminar
  49. Acho que já todos passamos por essa situação . Todos gostariamos que as relações fossem para sempre . Fazemos esforços , lançamo - nos de cabeça , apostamos tudo o que temos e depois saimos derrotados e sem nada ...
    É natural deixarmos o amor ganhar à racionalidade , tal como , é natural sentires - te assim após veres que foi tudo deitado por terra .
    Mas com o tempo vai passar , passa sempre , acredita em mim :p

    ResponderEliminar
  50. Gostei imenso, encontrei-me nas tuas palavras.
    Beijinho

    ResponderEliminar

Gostas-te? Não deixes de comentar e seguir :) Obrigado!