sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Terra gira…mas permanece igual


Sociedade de criminosos,
Mundo de ganância,
Todos se acham poderosos,
Todos querem a supremacia.

Pobres, esmolas pedem,
Outros esbanjem o dinheiro,
Mundo em que poucos cedem,
Muitas pessoas de perfil traiçoeiro.

Para quê riqueza?
Se muitos passam fome,
Sei que não sentem pingo de tristeza,
Nem no fundo os consome.

Sociedade que vive de excessos,
Regem-se por aparências fúteis,
Como podemos ter apreços?
Por governantes que não passam de inúteis.

Porquê tantos jantares?
Porquê tantos passeios?
Chegam a comprar para familiares andares,
Onde veio o dinheiro? De outros meios.

Viver assim não é complicado,
Basta ir para o “poleiro”,
Reformas chorudas sem ser explicado,
Quem não diria? Porreiro….PAH.

Não irá mudar,
Enquanto esta mentalidade permanecer,
Todos temos que acordar,
Outra revolução? Se calhar o melhor que podia acontecer.

19 comentários:

  1. mundo injusto, uns com tanto e outros com tão pouco!
    Gostei :)

    ResponderEliminar
  2. Nada que agradecer, o mérito é todo teu (:

    ResponderEliminar
  3. concordo com as tuas palavras :)
    obrigada.

    ResponderEliminar
  4. Não podia estar mais de acordo contigo.
    Uma revolução talvez seja mesmo a unica solução*

    ResponderEliminar
  5. Obrigada pelo teu comentário. Vou seguir, muito obrigada :)

    gostei

    ResponderEliminar
  6. Ahaha :) podes publicá-lo, dizer quem o ofereceu respondendo às perguntas nele implícitas tal e qual como elas estão apresentadas e oferecer a outros blogs que aches que o mereçam ou simplesmente ignorá-lo xp

    ResponderEliminar
  7. Adorei.
    Porque a realidade é complicada, e a maior parte dos "artistas" revela-a mais para o lado positivo (sem muitas vezes mostrar o negativo).

    ResponderEliminar

Gostas-te? Não deixes de comentar e seguir :) Obrigado!